Compartilhe:
Voltar

Notícias

Laser para rejuvenescimento íntimo devolve autoestima a mulheres

03/05/2017

Laser para rejuvenescimento íntimo devolve autoestima a mulheres

Laser para rejuvenescimento íntimo devolve autoestima a mulheres

Brasil é líder na realização de procedimentos para rejuvenescimento vaginal

 

O aspecto da vagina tem levado muitas pacientes a buscarem procedimentos que ajudam a rejuvenescer a área. Segundo a Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos, em 2016, a procura por procedimentos estéticos na área vaginal aumentou 49% e o Brasil é líder na realização de procedimentos para rejuvenescimento vaginal.

 

Muitas mulheres não gostam do tamanho, da cor ou do aspecto enrugado da vagina, situações que podem ser alteradas através de procedimentos a laser. No Sul do estado, a Clínica de Cirurgia Plástica Belvivere, de Criciúma, é a primeira a ter o equipamento que permite a realização de procedimentos íntimos.

 

Os benefícios do rejuvenescimento vaginal vão além da estética. O tratamento pode ser realizado em mulheres que apresentam secura vaginal, dor durante a relação sexual, sensação de frouxidão da vagina e perda do controle da  urina em graus leves. A cirurgiã plástica da clínica, June Favarin, explica que o aparelho de laser tornou o tratamento muito mais simples "Ele é feito com aplicação intravaginal de laser CO2, não envolve incisões ou suturas e nem mesmo precisa de anestesia", explica a médica.

 

Ainda segundo ela, a menopausa, o parto normal, cirurgias, histerectomias, quimioterapias, obesidade e tabagismo são fatores que podem interferir na qualidade da mucosa vaginal e aumentar esses sintomas desconfortáveis nas mulheres. "Até hoje, muitas acreditam que precisam conviver para sempre com sintomas desagradáveis, mas a técnica melhora muito a vida das mulheres, devolvendo conforto e bem estar para a região íntima", ressalta a doutora June.

 

Como funciona

O laser é aplicado na parede interna da vagina, produzindo regeneração/remodelação do colágeno da mucosa, melhora da vascularização e do tônus da musculatura do canal vaginal. "Também há melhora na lubrificação vaginal, diminuição da dor durante relações sexuais e melhora do controle urinário", confirma a cirurgiã. A maioria das pacientes também apresenta melhora na sensação de alargamento vaginal, percebida, inclusive, pelos parceiros sexuais.

 

Outros procedimentos íntimos

 

Clareamento - Por uma série de motivos, as mulheres podem apresentar a pele da região íntima hiperpigmentada, ou seja, mais escura do que a pele normal. Com o aparelho de laser CO2, as camadas mais profundas da pele são atingidas, estimulando a produção de novos tecidos. O procedimento é feito com anestesia local e dura, em média, 20 minutos.

 

Ninfoplastia - Outra queixa constante das mulheres é o tamanho desproporcional dos lábios da vagina. Além do desconforto estético, o aumento dos lábios pode dificultar a higiene, a ventilação do local e trazer incômodo durante a relação sexual. A cirurgia íntima pode ser feita com laser CO2 fracionado. A paciente recebe anestesia local e o procedimento leva 40 minutos.

 

Lipo de Monte de Vênus - O monte de Vênus é a estrutura acima do púbis. Com o acúmulo de gordura nesta região, a mulher pode se sentir desconfortável ao colocar um biquíni ou calça mais justa. A cirurgia é semelhante a uma lipoaspiração, mas de fácil recuperação. O procedimento é feito com anestesia local e dura 45 minutos.